• Home
  • Blog
  • Canadá ou EUA: veja as diferenças dos sistemas de imigração

Canadá ou EUA: veja as diferenças dos sistemas de imigração

Canadá ou EUA: veja as diferenças dos sistemas de imigração

Canadá ou EUA: veja as diferenças dos sistemas de imigração

Fala a verdade, em algum momento nessa busca pela imigração americana, você já andou pesquisando sobre o Canadá, certo? Os dois países são excelentes opções para quem tem o sonho de sair do Brasil, com alta qualidade de vida e oportunidades de emprego. E a impressão geral entre Canadá ou EUA, é que o primeiro é menos exigente com relação a vistos. Será que é verdade isso? 

Posso adiantar que, em partes, sim. Mas, continue essa leitura para entender completamente a diferença dos sistemas de imigração do Canadá e Estados Unidos. Vamos lá?

Residência permanente nos EUA 

Como você já deve saber, a residência permanente dos EUA é proporcionada pelo Green Card. Vou resumir aqui as principais possibilidades para conseguir um Green Card apenas para que você veja a diferença: 

  • casamento ou parentesco direto com um cidadão americano;
  • realização de investimento — abertura ou investimento em negócios que gerem no mínimo 10 empregos nos EUA;
  • ocupação de vaga de emprego — vistos do tipo EB-1, EB-2 e EB-3 possibilitam Green Card para diversos profissionais que se enquadrem nos requisitos;
  • habilidades excepcionais e interesse nacional — visto EB-1A e EB-2 NIW são visto de residência permanente que não precisam do empregador, pois consideram que é interessante para o país receber determinado profissional qualificado.  

Para todas essas situações, é preciso enviar de uma série de documentos, seguindo diversos critérios e requisitos. Com exceção da questão de casamento e parentesco, a ideia do serviço de imigração é aceitar imigrantes que possam contribuir para o crescimento do país, em determinadas condições. Quanto mais qualificado for o profissional, maiores as chances de conseguir o Green Card.

Residência permanente no Canadá 

Já no Canadá, a residência permanente é atribuída pelo chamado Permanent Resident (PR). A principal diferença quando falamos de Canadá ou Estados Unidos, é que o Canadá procura por imigrantes, pois tem falta de mão-de-obra qualificada em diversos ramos. Assim, são mais de 50 programas de residência permanente para atrair novos moradores para o país. 

O programa mais conhecido, sem dúvidas, é o federal Express Entry. Ele busca imigrantes em determinadas áreas de trabalho, que você pode conferir neste link

Para selecionar as pessoas, o serviço de imigração atribui uma pontuação de 0 a 1200, com base nas qualificações profissionais, nível de conhecimento de idioma, educação e reserva financeira do imigrante. Dependendo da profissão, com apenas um curso, um ano de experiência e inglês intermediário, é possível conseguir a Invitation to Apply (ITA), que é o convite para ter o Permanent Resident. 

De qualquer forma, você também precisa enviar uma série de documentos e cumprir exigências. Isso significa que há mais oportunidades de imigração para o Canadá, mas ainda assim precisará de muita informação e dedicação para ser aceito. 

Quais as vantagens de imigrar para o Canadá ou EUA

O que é melhor? Canadá ou Estados Unidos? É claro que a resposta para essa pergunta é muito pessoal, mas ao considerar o Canadá, lembre-se que o país é mais ao norte, com invernos mais rigorosos e também é mais longe do Brasil, o que pode tornar as viagens mais difíceis. 

Mas, também posso afirmar que o Canadá tem excelente qualidade de vida, entre as melhores do mundo, assim como os Estados Unidos. Educação, segurança pública e oportunidades de emprego são também os pontos fortes dos dois países. 

Com o Green Card americano você pode visitar o Canadá livremente para turismo, mas precisará de visto se quiser trabalhar, estudar ou morar no Canadá. Já com a PR canadense, é necessário o visto americano tanto para turismo, quanto para as outras situações (moradia, trabalho ou estudo). 

 

Vistos temporários para Canadá ou EUA

Pra finalizar, os vistos temporários para os dois países são aqueles em que você deve retornar ao país de origem quando terminar o período de permanência do visto ou finalizar o que foi realizar nos EUA ou Canadá. 

O visto de estudante para os dois países têm processos semelhantes, em que você precisa se matricular ou ser aceito em uma instituição de ensino registrada no setor de imigração e a permissão de permanência terá validade enquanto você estiver estudando. 

No entanto, no Canadá, se seu curso tiver menos que 6 meses, você pode fazê-lo com o visto de visitante mesmo. No EUA, o visto de turista permite que você estude apenas em cursos com no máximo 18 horas semanais de carga horária. 

Já para trabalho temporário, ambos os países exigem que você tenha a oferta de trabalho. São diversos tipos de vistos, que variam conforme a sua qualificação profissional, ainda que no Canadá o processo pode ser menos complicado que no Brasil. 

Percebeu que são várias diferenças e semelhanças? Ainda assim, não quer dizer que Canadá é mais fácil, mas sim que existe maior interesse. Se você não cumprir os requisitos, também terá dificuldades para conseguir o visto, em qualquer um dos países. 

Antes de imigrar para o Canadá ou EUA, entretanto, você precisa do suporte adequado. Com o auxílio de um profissional experiente no assunto, você tem a certeza de que todas as etapas do processo serão feitas com plena segurança.

Se você sempre quis morar nos EUA, entre em contato com a gente e veja como realizar seu sonho é mais fácil do que imagina!