• Home
  • Blog
  • Conheça o visto EB-2: o green card para profissionais qualificados

Conheça o visto EB-2: o green card para profissionais qualificados

Conheça o visto EB-2: o green card para profissionais qualificados

Conheça o visto EB-2: o green card para profissionais qualificados

Se você já pesquisou sobre visto de trabalho nos Estados Unidos, provavelmente se deparou com diversas possibilidades. Se a sua intenção é morar definitivamente e caso seja um profissional de destaque, então, o visto EB-2 talvez seja a melhor opção!

Com ele, você terá o green card e poderá morar e trabalhar legalmente nos EUA.

O visto permanente EB-2 é direcionado para profissionais qualificados independentemente de qual seja a área de atuação. Claro, existem exigências a serem cumpridas, sendo que o EB-2 é dividido em três subcategorias: em duas delas é preciso um sponsor (empregador) que queira contratá-lo e na outra você mesmo pode aplicar.

Entenda melhor sobre o visto EB-2 e saiba se é uma opção para você conseguir o green card.

O que é o visto EB-2?

O visto EB é dividido em cinco categorias e todas elas são de residência permanente, ou seja, com eles você poderá requerer seu green card e morar permanentemente nos Estados Unidos. A sigla significa “Baseado em Emprego” (Employment-Based Immigration), então, seu trabalho está vinculado a esse pedido de visto.

O EB-2, portanto, é a segunda categoria deste tipo de visto. Ele é voltado para profissionais com algumas qualificações que possam ser consideradas excepcionais.

A lógica para que seja aprovado é que o requerente tenha uma habilidade excepcional que justifique sua residência permanente porque pode contribuir de alguma forma para o desenvolvimento do país. Mas, essa habilidade excepcional é comprovada por meio do cumprimento de alguns requisitos. Existem três subcategorias do EB-2: Advanced Degree, Excepcional Ability e National Interest Waiver (NIW). Com exceção desta última, as outras duas exigem que se tenha um empregador, ou seja, uma empresa americana disposta a contratar você. Ela, então, primeiro precisará fazer um processo no Departamento do Trabalho para depois solicitar o visto para o estrangeiro.

De maneira prática, esse processo é necessário para comprovar que nenhum americano com habilidades semelhantes às suas está interessado na vaga e no salário proposto. Assim, a sua mudança e permanência no país é necessária para ocupar tal cargo.

No caso do NIW, você mesmo pode fazer a requisição do visto, não sendo necessária a existência de uma oferta de emprego prévia e nem a empresa americana para dar entrada no pedido do visto.

Quais os tipos de EB-2?

Advanced Degree (Grau Avançado)

Nessa subcategoria é preciso um empregador nos EUA e que você esteja sendo contratado por possuir um grau avançado de estudo na sua área de atuação. Pode ser um mestrado, doutorado, pós-doutorado ou especialização.

Assim, o empregador justifica a sua entrada e permanência no país por se tratar de um profissional com qualificações que não existe ou não é fácil de se encontrar nos Estados Unidos.

Ademais, o emprego ofertado deve ser relacionado a área de formação e estudos do estrangeiro que será contratado.

O site da do Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS) especifica que com apenas a comprovação dos estudos e experiência de no mínimo 5 anos após o bacharelado, o processo para aprovação também pode se dar pela via do EB-2. Porém, nessa situação é mais indicado estudar a possibilidade do EB-3.

Exceptional Ability (Habilidade excepcional)

A categoria de habilidade excepcional também precisa ser peticionada por meio de um empregador e a diferença para a anterior, é que aqui não é preciso de certificados e diplomas de grau acadêmico. Mas, por “excepcional” a imigração espera que você tenha um “grau de expertise significativamente acima do comumente encontrado nas ciências, artes ou negócios”.

Além disso, você deve preencher pelo menos três dos requisitos especificados por eles. Falaremos sobre os requisitos mais adiante.

National Interest Waiver (Isenção de Interesse Nacional)

Chamada de NIW, essa é a única subcategoria do EB-2 em que não é preciso um empregador no processo. Você mesmo é o peticionário, mas é preciso ter consciência que trata-se de um processo complexo e o melhor é ter a ajuda de advogados especialistas no assunto. De toda forma, eu também preciso deixar claro que sim, há quem peticiona sozinho e consegue a aprovação.  . 

A pergunta que deve ser respondida em um processo de EB-2 NIW é: por que os Estados Unidos teriam interesse que eu trabalhasse e vivesse no país?

Uma situação bastante utilizada em casos de EB-2 NIW é quando o peticionário tem uma profissão de interesse dos EUA, como as que têm déficit de profissionais para ocupar os cargos. As mais famosas são as das áreas chamadas de STEM, sigla para Science, Technology, Engineering and Math (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática). 

No entanto, este é apenas um dos argumentos utilizados. Se você comprovar cumprir pelo menos três dos requisitos listados a seguir e demonstrar que tem competências para atuar positivamente na sua área, há grandes chances do seu EB-2 NIW ser aprovado. 

Então, pessoas de qualquer área podem auto-requisitar o NIW dando entrada, primeiramente, no formulário I-140 que é a petição de trabalho para estrangeiros e comprovando o interesse nacional da sua área de atuação específica nos Estados Unidos.

Quais os tipos de visto EB-2?

Requisitos que devem ser cumpridos

No caso das sub categorias de Habilidade Excepcional e de NIW, você precisa cumprir ao menos três dos requisitos abaixo. Porém, é importante saber que pode não ser o suficiente. O ideal é cumprir mais de três e apresentar todos os documentos comprobatórios. . Os critérios são:

  • histórico acadêmico oficial mostrando que você tem um diploma relacionado à sua área de habilidade excepcional;
  • comprovantes, cartas e documentos que comprovem pelo menos 10 anos de experiência em tempo integral na sua área;
  • autorização ou licença válida para exercer a sua profissão;
  • evidências de que você recebeu remunerações pelos serviços na área de habilidade excepcional;
  • ter registro na associação profissional da sua área;
  • documentos que comprovem reconhecimento por suas realizações e contribuições;
  • outras evidências que comprovem habilidade excepcional.

Com visto EB-2 a família também pode morar nos EUA?

Sim. Seu cônjuge e filhos solteiros menores de 21 anos podem ser admitidos nos Estados Unidos. No caso deles, os vistos concedidos são o E-21 e E-22, respectivamente. Caso a família esteja nos Estados Unidos, com um Documento de Autorização de Emprego (EAD), é permitido também que seu cônjuge trabalhe enquanto o processo da emissão do Green Card está em andamento.

Como conseguir o visto EB-2 NIW?

Como as outras duas subcategorias dependem de um empregador para realizar o requerimento e é ele quem dará andamento a uma grande parte do processo, o foco agora será o NIW. Ele tem mais exigências intelectuais e profissionais do estrangeiro, mas se você tem uma carreira sólida e reconhecida, provavelmente conseguirá.

Alguns exemplos de profissionais que se enquadram no NIW e que provavelmente conseguiriam: engenheiros com pós-graduação e mais de 5 anos de experiência; profissionais da área da saúde em geral, administradores com MBA; pesquisadores universitários com mestrado e/ou doutorado entre outros. 

 

Detalhes do processo para conseguir o NIW

O requerimento todo do NIW também é mais rápido, se comparado com outros vistos. Dentro de 9 a 12 meses já é possível obter a resposta do USCIS e imigrar para os EUA.

Você pode aplicar por meio do consulado americano no Brasil (National Visa Center) após ter o seu I-140 aprovado pelo USCIS, ou diretamente no departamento de imigração americana, caso você já esteja no país.

Nesse último caso, é importante que sua situação esteja legalizada, pois a configuração será a de mudança de status (por exemplo, de trabalhador temporário para residente permanente).

Aplicando no Brasil, você só poderá se mudar para os EUA após a aprovação e finalização do processo todo. Mas, se já estiver em terras norte-americanas, receberá dentro de três a quatro meses, a permissão para viajar, autorização para trabalhar e seu número do Social Security, que é um documento ligado à previdência do país. Então, é só esperar a resposta da imigração para saber se foi aprovado ou não.

Uma vez que o USCIS aprove o seu pedido, caso você esteja no Brasil, o processo é encaminhado ao National Visa Center, setor da USCIS ligado aos consulados americanos. Então, você deverá preencher um formulário DS-260 e marcar a entrevista. Após essa etapa você receberá o visto provisório para entrar nos Estados Unidos em seis meses.

Também receberá no consulado um boleto para pagamento do taxa de emissao do green card. Após a entrada nos Estados Unidos e o pagamento da taxa, o seu green card chega em média dentro de 90 dias no endereço indicado por você.

Para ter a aprovação do seu visto EB-2 NIW para morar e trabalhar permanentemente nos Estados Unidos, o governo precisa entender que você pode contribuir para o país. Não é uma categoria acessível para todas as pessoas, mas se você se enquadrar nela, seu processo pode ser mais rápido, seguro e até mais barato do que outros formatos de vistos.

A Imigrar eua tem como objetivo ajudar você a realizar o sonho de morar nos Estados Unidos. E agora que você já sabe tudo sobre o visto EB-2 NIW, baixe nosso e-book e descubra mais sobre imigração e suas vantagens.

ebook-eb2-niw