• Home
  • Blog
  • Entenda o Professional Plan vs Business Plan para EB-2 NIW

Entenda o Professional Plan vs Business Plan para EB-2 NIW

Entenda o Professional Plan vs Business Plan para EB-2 NIW

Entenda o Professional Plan vs Business Plan para EB-2 NIW

Um Professional Plan ou um Business Plan é apresentado em uma petição de visto imigratório para os EUA do tipo EB-2 NIW. Esse material serve para evidenciar o seu plano de atuação profissional nos Estados Unidos.

Dessa forna, o oficial poderá entender, em detalhes, qual o plano de atividades proposto por você, e analisar se você cumpre os requisitos da isenção por interesse nacional (NIW).

Os benefícios do visto EB2 NIW brilham aos olhos de muitos aspirantes a imigração para os Estados Unidos. De fato, esse visto é muito interessante para profissionais qualificados, já que, para solicitá-lo, não há a exigência da oferta de emprego de uma empresa americana. 

Mas, isso significa que é necessário apresentar, além do seu plano de atividades profissionais, todos os documentos capazes de comprovar que o profissional é qualificado para o visto e elegível para receber a isenção da oferta de emprego por interesse nacional (NIW). 

O Professional Plan ou Business Plan são documentos fundamentais para que o oficial de imigracao verifique se você atende aos requisitos do NIW. Por esse motivo, essa é uma etapa indispensável para todo pedido desse tipo de visto. 

Vamos entender o que é, qual a diferença e como são elaborados o Professional Plan ou Business Plan? Boa leitura! 

O que é Professional Plan ou Business Plan? 

O Professional Plan ou Business Plan são um plano profissional ou um plano de negócios que você apresentará na sua petição de visto EB2 NIW. Esse documento traz uma série de informações para que o oficial entenda qual será e como será a sua atuação profissional nos Estados Unidos em detalhes. 

Como já dito, esse material serve como ponto inicial de análise por parte da imigração. Ela precisa, primeiro, entender QUAL o seu “proposed endeavor“, ou seja, o seu plano proposto. Então, o serviço de imigração vai verificar se esse plano tem mérito substancial e importância nacional, a fim de concluir pela elegibilidade do profissional para receber a isenção da oferta de emprego, baseado na conclusão do interesse nacional.

Como isso funciona?

Esses requisitos de interesse nacional foram definidos em 2016, no caso Matter Of Dhanasar, que estipulou 3 prongs que são considerados pelos oficiais, no momento da análise de cada pedido de visto EB2 NIW. 

São eles: 

  • O trabalho proposto pelo aplicante tem mérito substancial e importância nacional;
  • O peticionário está bem posicionado, ou seja tem as qualificações necessárias para avançar no plano de trabalho proposto;
  • Feito uma analise, seria benéfico para os EUA dispensar a oferta de emprego e os requisitos de certificação de trabalho da categoria EB-2.

Importante entender que, por interesse nacional, a imigração não espera, necessariamente, que a sua atuação profissional impacte de maneira geográfica (pode ser, mas não obrigatoriamente). 

A sua proposta pode ter relevância nacional por apresentar avanços para o seu campo de atuação ou, então, trazer benefícios econômicos para a região (geração de emprego, impacto social, novas tecnologias, entre outros). 

Assim, o Professional Plan ou Business Plan já podem trazer, além do planejamento em si, pontos argumentativos que mostrem que tal planejamento tem mérito substancial e importância nacional. 

Como é um Business Plan do EB2 NIW

Como o próprio nome diz, o Business Plan é direcionado para profissionais elegíveis ao EB2 e que desejam empreender nos Estados Unidos. Ou seja, para aqueles que têm um plano de negócio para ser realizado nos Estados Unidos. 

Então, quer dizer que você pode empreender nos EUA sem precisar do visto de investidor? Sim. O EB2 NIW pode proporcionar isso. 

Entretanto, não é apenas apresentar um plano de negócios e pronto. É necessário mostrar que a sua empresa, na configuração que ela será montada, cumpre os requisitos de interesse nacional. 

Por exemplo, para atender ao primeiro prong, é possível trazer como argumento o fato de que a empresa vai impactar positivamente o seu campo de atuação. Ou então, demonstrar o impacto econômico dela na região em que será aberta; ou que ela poderá gerar empregos para cidadãos americanos. 

O segundo requisito é referente às qualificações profissionais do peticionário para realizar o plano proposto. Aqui, o foco é o peticionário, mas o próprio Business Plan já deve demonstrar que existe preparo e a expertise do profissional em realizar tudo da melhor maneira possível. 

Por fim, o Business Plan já atende ao terceiro prong, uma vez que não há como ter uma oferta de emprego para alguém que deseja abrir o seu próprio negócio. 

Atenção: aqui estou explicando de uma forma bastante simplista, apenas para você entender, de maneira geral como é um Business Plan para um caso de EB2 NIW. Para cada situação, é necessária a análise de um advogado para garantir o sucesso do pleito

Como você pode perceber, o Business Plan trará muitas informações. É um documento extenso que terá análises de mercado, análise de público, estimativa de investimento e retorno econômico, além de informações que demonstrem que o peticionário está qualificado para obter sucesso com o empreendimento proposto. 

Como é um Professional Plan do EB2 NIW

O Professional Plan é o planejamento apresentado em casos de EB2 NIW de profissionais que não têm a intenção de abrir uma empresa nos Estados Unidos. Ele é direcionado para pessoas que buscam se inserir no mercado de trabalho americano. 

O Professional Plan também pode trazer argumentos que comprovem que o peticionário cumpre todos os requisitos no sentido de demonstrar que a proposta, o seu “proposed endearvor“,  tem mérito substancial e interesse nacional.

Um argumento que pode ser utilizado para o primeiro prong é a contribuição que o profissional pode trazer para a área, devido às suas qualificações acima da média. Os argumentos, nesse caso, variam bastante conforme a área de atuação. 

Outro argumento bastante utilizado no Professional Plan é o de que existe um déficit de profissionais qualificados naquela área de trabalho nos Estados Unidos (shortage). Assim, esse estrangeiro poderia ocupar vagas que estão em aberto pela falta dessa mão-de-obra.

Mas atenção! Esse argumento, do déficit de profissionais, de forma isolada, não tem respaldo para a aprovação do visto de interesse nacional.

As qualificações do profissional são apresentadas para cumprir o segundo e o terceiro prong. 

Caso a sua profissão exija uma licença nos Estados Unidos, existem alguns caminhos que podem ser escolhidos, mas sempre é bom destacar que não existe o requisito da licença nos EUA para que o profissional solicite o visto pelo NIW. 

Assim, é possível obter a licença antes de solicitar o EB2 NIW, mas isso nem sempre é viável para alguns profissionais. Além de que, há campos em que a obtenção da licença exige anos de estudos em solo americano. 

Então, o caminho que pode ser adotado, é o de apresentar que o profissional já iniciou o processo da obtenção da licença. Ou seja, que ele já passou em alguma prova, ou está matriculado em algum curso preparatório para tal, ou ainda que já fez as matérias extras exigidas em um processo de equivalência de diploma, por exemplo.

De qualquer forma, entenda que, o processo da obtenção da sua licença profissional pode SIM ser feito paralelamente ao pedido do EB2 NIW. 

Portanto, o Professional Plan também deve demonstrar que esse profissional vai contribuir positivamente para o país e que ele tem qualificações essenciais e necessárias para isso. 

Professional Plan ou Business Plan: qual é melhor?

Não existe uma estratégia melhor de forma geral, mas sim a melhor estratégia para cada caso. Um advogado de imigração é o profissional adequado e mais qualificado para decidir qual o melhor plano para a sua petição. 

O que precisa ser levado em consideração é se, com o plano escolhido, é possível cumprir todos os requisitos de NIW. 

É por isso que, às vezes, o profissional se posiciona buscando um Professional Plan, mas o advogado orienta-o para um Business Plan, ou vice-versa. 

Conclusão

O Professional Plan ou Business Plan são documentos essenciais e indispensáveis em qualquer petição de EB2 NIW.

Por isso, precisam ser elaborados com muito cuidado e profissionalismo para atender o objetivo, que é de conseguir comprovar ao oficial de imigração o cumprimento de requisitos de isenção por interesse nacional. 

Por esse motivo, ele deve ser planejado junto com um advogado de imigração que conhece a forma como o material será analisado. 

Se você acredita ser elegível para o EB2 NIW e busca ajuda para elaborar a sua petição, bem como o Professional Plan ou Business Plan, entre em contato com nossa equipe. 

A primeira etapa é o envio do seu currículo para uma análise de elegibilidade para depois marcarmos uma Call de alinhamento. 

Envie seu currículo para analise@liv.law

Comentários (2)

  • Avatar

    Matheus nunes

    |

    Dentista com mais de cinco anos de formado e com consultório próprio no Brasil, necessitando de um plano de negócio ou planejamento profissional

    Reply

    • Avatar

      Lívia Leite

      |

      Olá, Matheus, como vai? Um primeiro passo para conversarmos é realizar a nossa análise de elegibilidade de visto imigratório. A partir disso, vocêestá em contato com nossa equipe, inclusive para essa etapa de planejamento profissional. Complete nosso formulário para prosseguirmos e realizar o seu sonho de morar nos EUA: https://bit.ly/46bs6hx

      Reply

Deixe um comentário