• Home
  • Blog
  • Afinal, como fazer um intercâmbio em família? Saiba aqui!

Afinal, como fazer um intercâmbio em família? Saiba aqui!

Afinal, como fazer um intercâmbio em família? Saiba aqui!

Afinal, como fazer um intercâmbio em família? Saiba aqui!

Um intercâmbio em família nos EUA é uma ótima oportunidade para viajar e ter novas experiências. Além disso, todos poderão conhecer uma cultura diferente, passear por diversos pontos turísticos, fazer um curso de inglês e estar em constante contato com um segundo idioma, o que facilita o aprendizado de uma nova língua, principalmente se há crianças em seu grupo familiar.

Isso acontece porque as crianças tendem a aprender coisas novas com mais facilidade. Assim, é provável que elas saiam do intercâmbio com bastante prática na oratória do inglês, pois essa foi a modalidade da língua por elas vivenciadas. Vale ressaltar que esse tipo de viagem ajuda a desenvolver nos pequenos um maior senso de responsabilidade e de amadurecimento.

Mas para realizar o intercâmbio familiar, é necessário planejar, para evitar contratempos. Com isso em mente, acompanhe a leitura deste post e confira agora mesmo algumas dicas valiosas para ajudar na sua preparação!

Faça um planejamento financeiro

Ao determinar que o intercâmbio familiar será feito, é fundamental realizar um planejamento financeiro que englobará todo o grupo. Para isso, considere valores aproximados das diárias das acomodações ou aluguéis, os custos com a alimentação, os passeios, cursos, compras, seguro saúde entre outros gastos que possam ocorrer.

Tendo em vista que a maioria dos vistos temporários como o F1, de estudante ou, o B2 de turismo, não permitem o trabalho, o planejamento financeiro se faz necessário.

Além do valor separado para gasto e manutenção nos Estados Unidos durante o período é essencial que você tenha como provar sua disponibilidade financeira para obtenção do visto.

Aqui, o ideal é sempre colocar uma margem maior ao criar o seu plano financeiro, ou seja, é melhor levar uma quantia a mais. Lembre-se, antes sobrar do que faltar. Com isso, evita-se imprevistos e dores de cabeça.

Confira a acomodação para intercâmbio em família

A acomodação já deve estar reservada com antecedência. Não se esqueça de observar a localização antes de fechar qualquer negócio.

Se todos da família forem fazer o mesmo curso, é interessante entrar em contato com a escola para se informar se eles têm algum programa de moradia. No caso de uma viagem com um grupo muito grande, alugar uma casa pode ser a melhor opção, tanto financeiramente quanto no quesito conforto e funcionalidades para todos.

Já possuir uma reserva ou o endereço de uma pessoa em que vai se hospedar servirá como prova para o oficial de imigração no aeroporto se você for questionado sobre o assunto.

Tire o visto para família

Cada membro do grupo precisará de um visto individual. No caso da família estar indo para um curso que a carga horária não ultrapasse 18 horas semanais e seja curta duração como 1 mês por exemplo, você pode fazer com o visto de turista (B1/B2) . Assim, é possível tanto realizar um curso de inglês quanto fazer muito turismo. Outra opção é aplicar para o visto de estudante (F1), que é temporário e válido durante os estudos e para quem quer fazer um curso de idioma intensivo ou estudar em qualquer instituição acadêmica (Universidade).

Nessa situação, o aplicante principal precisa ter compromisso quanto a assiduidade nas aulas  durante toda a estadia e, manter comunicação com o DSO (oficial encarregado das informações do estudante para a imigração) da instituição de ensino quanto a sua regularidade.

Os demais membros da família podem aproveitar as aulas gratuitas de inglês que são ministradas nas bibliotecas públicas de cada cidade. Desse modo, os familiares que não se inscreverem em nenhum curso pago, podem utilizar esse serviço para aprender mais sobre a língua inglesa.

Além do visto, é comum que o agente de imigração peça alguns documentos quando você chegar nos EUA, como um comprovante de renda e de vínculo com o seu país de origem, uma reserva de acomodação durante o período que você for ficar no país, como citado anteriormente, um seguro de saúde, entre outros.

Com essas dicas, fica muito mais fácil e prático realizar o sonho de fazer um intercâmbio em família, não é mesmo? Lembre-se de que é essencial planejar todos os detalhes com antecedência, a fim de garantir conforto e segurança na viagem. Assim, evita-se imprevistos que possam atrapalhar os planos.

O conteúdo foi útil? Então, para ficar por dentro de todas as novidades, assine a newsletter e receba tudo em primeira mão!