• Home
  • Blog
  • Veja os 4 principais tipos de visto americano e o caminho para conseguir

Veja os 4 principais tipos de visto americano e o caminho para conseguir

Veja os 4 principais tipos de visto americano e o caminho para conseguir

Veja os 4 principais tipos de visto americano e o caminho para conseguir

Você está se preparando para realizar seu sonho de se mudar para os Estados Unidos? Então, saiba que é preciso conhecer os diversos tipos de visto americano antes de planejar a sua ida ao país. Há pelo menos 20 categorias, mas as mais comuns dizem respeito a trabalho, estudos e turismo.

Neste post, mostrarei a você quais são esses tipos e explicarei o que deve ser feito para solicitar o seu. Confira e tire as suas dúvidas!

Conheça os 4 principais tipos de vistos

1. Vistos para negócios

O tipo B1 é destinado a quem vai aos EUA em viagens de negócios. É valido, por exemplo, para participações em feiras e exposições. Também pode ser concedido a empreendedores, empregados domésticos que estejam acompanhando seus contratantes, pesquisadores, voluntários ou palestrantes. Mas nesses casos, o visto não envolve recebimento de remuneração (abordaremos os vistos de trabalho em seguida).

2. Vistos para turismo e tratamentos médicos

Esses são os mais comuns, categorizados como visto do tipo B2. Servem para quem entrará nos EUA a passeio, ou para quem realizará tratamento médico no país. Ele é válido por dez anos, mas normalmente a permanência máxima nos Estados Unidos com ele é de até seis meses. Sempre é bom verificar por meio do Formulário I-94 quanto tempo de permanência o oficial da imigração concedeu para a sua estadia. Vale lembrar que os vistos da categoria B não servem para trabalho remunerado nos EUA.

3. Vistos para trabalho

Existem, basicamente, dois tipos de vistos que abrangem um maior número de profissionais que quer trabalhar nos Estados Unidos de forma temporária: o H e o L. Ambos têm subcategorias, dependendo do tipo de atividade, do profissional, entre outros.

Esses são vistos da categoria não imigratória, ou seja, não dão de forma direta o green card. Para ver os vistos de trabalho de categoria imigratória faça o download do nosso eBook.

O visto tipo H é destinado a profissionais que sejam contratados por uma empresa americana antes de chegar ao país. De forma bem sucinta isso é possível se a companhia alegar e provar ao serviço de imigração que não há um profissional com a mesma capacidade e qualificação no país.

Caso o aplicante já esteja nos Estados Unidos é possível fazer o “change of status” que seria o requerimento da troca de status do visto atual para, no caso, o H1b.

Já o visto do tipo L pode ser concedido às multinacionais ou empresas americanas que desejam transferir para sua sede um profissional estrangeiro qualificado. Mas só pode obtê-lo as pessoas que têm cargos de gestão, liderança ou executivos, conhecimentos específicos e atuação por mais de um ano na empresa na empresa do Brasil.

4. Vistos para estudos

Aos estudantes é destinado o visto do tipo F1, válido para universitários ou para alunos de outros tipos de instituições de ensino nos Estados Unidos. Isso inclui as escolas, tanto de Ensino Médio quanto Universidades de Pós Graduação e Mestrado, além das de curso de idiomas. Quem faz o registro no serviço de imigração, nesse caso, também é a instituição de ensino.

Saiba como conseguir o visto para os EUA

Dependendo do tipo de visto e da categoria, podem haver algumas peculiaridades no pedido da documentação. Mas há alguns procedimentos básicos que servem a todas elas. O primeiro passo é preencher o formulário DS-160, em inglês. Em seguida, você deve agendar a entrevista, criando uma conta de usuário no site. A taxa de solicitação deverá ser paga em meio a esse processo.

No dia que estiver marcado, compareça ao Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) com o passaporte e a comprovação de pagamento da taxa. Em alguns casos, também será necessário comparecer ao consulado ou à embaixada. Por fim, é só aguardar a chegada do visto.

Para os vistos H1b e L1 o inicio do processo se da por parte do empregador americano nos Estados Unidos. Após a primeira etapa aprovada perante o USCIS o processo é encaminhado ao Nacional Visa Center- NVC. Caso o beneficiário esteja no Brasil o consular processing será a etapa onde você fará sua entrevista em um consulado americano no Brasil.

Entenda a diferença entre visto e status

O visto é a permissão para a entrada em um país, emitido, normalmente, pelos órgãos de imigração, de acordo com a finalidade da viagem. Já o status é a condição do visto. Por exemplo: você pode entrar como turista e pedir ao governo a mudança de status para estudante.

É importante notar que ter um visto em seu passaporte não garante a admissão nos Estados Unidos.

Uma vez que o oficial de imigração admite a entrada do portador do visto, o ato de admissão confere um “status” ao portador e o visto torna-se irrelevante até a próxima vez que o requerente desejar entrar nos Estados Unidos. Vale se atentar para a duração do seu status quando já em terras americanas. No Formulário I-94 online você pode verificar o tempo que foi concedido para a estadia.

Normalmente o visto de turista é valido por 10 anos, mas a admissão, que feita a cada entrada (concessão do status) , dar ao visitante um prazo de geralmente 06 meses (nos casos de visto de turismo).

Aprender quais são os tipos de visto americano é importante para que você avalie bem quais são as suas necessidades e reais intenções de entrada no país. Assim, poderá tomar a decisão mais acertada, principalmente se tiver o desejo de mudar-se definitivamente para os Estados Unidos e obter o Green Card.

E então? Você está entre os brasileiros que desejam uma vida mais segura e estável nos Estados Unidos? Já sabe quais os tipos de visto americano mais se enquadram ao seu perfil e no da sua família? Deixe um comentário contando para mim os seus planos de se mudar para os EUA e tire as suas dúvidas!