• Home
  • Blog
  • Descubra qual visto para morar nos EUA você deve solicitar

Descubra qual visto para morar nos EUA você deve solicitar

Descubra qual visto para morar nos EUA você deve solicitar

Descubra qual visto para morar nos EUA você deve solicitar

Na hora de decidir morar nos Estados Unidos a principal dúvida da maioria das pessoas é com relação a qual deve ser o visto para morar nos EUA. A resposta para essa pergunta não é simples e depende de variáveis diferentes para cada pessoa. 

Com vistos temporários, ou seja, não-imigratórios, você consegue se mudar para os Estados Unidos, mas fica sujeito à validade (mais curtas) desses vistos, além de não poder trabalhar em alguns casos. Já os vistos imigratórios dão direito ao Green Card, mas para conseguir, você precisa ser parente de algum cidadão ou residente permanente, ou obter o visto baseado em emprego. 

Por isso, conhecer tanto os vistos temporários, quando os imigratórios é importante para entender qual o melhor visto para morar nos EUA para você e seu momento de vida. Confira a seguir os principais. 

Quais os tipos de visto para morar nos EUA? 

Estudante 

O primeiro visto que trago aqui é o de estudante, o F-1 que é mais comum e o M-1, outra possibilidade. Eles são utilizados para quem deseja estudar nos Estados Unidos, seja numa universidade, numa escola de inglês ou algum outro curso. A exigência é que a instituição esteja cadastrada no sistema de imigração americano (USCIS). 

Esse visto é uma opção interessante para quem deseja se especializar ou adquirir conhecimentos importantes para se tornar, futuramente, elegível aos vistos imigratórios. Com o F-1 ou M-1 você pode levar sua família (cônjuge e filhos menores de 21 anos), mas não poderá trabalhar mais que 20 horas por semana e nem em empregos fora da instituição de ensino ou organizações parceiras. 

Após se formar pode solicitar o OPT – Optional Practical Training – autorização para trabalhar por até 36 meses, dependendo do curso que fizer e da sua área. Importante, cursos de línguas entre outros não dão direito ao OPT, verificar junto a Instituição, se o curso de interesse dá direito ao OPT. 

Intercâmbio

O visto de intercâmbio é o J-1 e ele pode ser usado para algum trabalho específico ou para treinamentos e cursos. Essa deve ser a sua opção quando o objetivo é realizar um intercâmbio de conhecimentos e, depois da experiência, retornar ao Brasil. Mas claro, pode também ser uma forma de adquirir conhecimentos e experiências que podem levá-lo a um visto de residente permanente. 

Esse visto é solicitado por quem, por exemplo, vai fazer Au Pair nos EUA, participa de programas de Work and Travel, ou de programas empresariais de troca de conhecimentos. É possível levar cônjuge e filhos menores de 21 anos e o J-1 tem validade atrelada ao tempo total do intercâmbio, podendo ser estendido.

Trabalho

Já o visto de trabalho pode ser de dois tipos: temporários ou imigratórios. Existem vários vistos de trabalho temporário, como o H-1B, o H-2B e o L-1. O mais utilizado é o H-1B que pode ser obtido por quem tem um bacharelado ou o equivalente em tempo de experiência. É necessário ter uma oferta de emprego de uma empresa americana para iniciar o processo. Todos os detalhes sobre o visto H-1B você confere neste artigo. 

Os vistos de trabalho temporários são bastante utilizados por empresas que necessitam de mão-de-obra que não é facilmente encontrada nos EUA ou que gostam de promover o intercâmbio cultural em suas empresas. 

É possível levar a família e conseguir autorização de trabalho para o cônjuge, dependendo do visto. Tem validade de 3 anos atrelado ao emprego e pode ser renovado para mais 3 anos. Também é uma estratégia para adquirir experiência e conseguir o visto imigratório que falo no próximo tópico. 

Green Card (visto de residente)

E o Green Card é o documento dos residentes permanentes que são, de fato, os imigrantes. Existem duas formas de conseguir: por parentesco ou casamento, ou por emprego. 

Portadores de Green Card podem solicitar autorização de residência permanente para cônjuge e filhos menores de 21 anos. Já os cidadãos americanos conseguem o Green Card também para os pais e irmãos. Por casamento, o Green Card é possível para o estrangeiro da relação e seus filhos solteiros menores de 21 anos. 

Já por trabalho, o visto de residente é possível por meio dos vistos: 

 

Em cada caso há exigências de qualificações profissionais a serem cumpridas pelo estrangeiro. No caso dos vistos com necessidade de oferta de emprego, o primeiro passo, depois de se qualificar, é encontrar esse empregador americano. 

Já no EB-1 e EB-2 NIW, em que não é preciso a oferta de emprego, você deverá comprovar sua relevância profissional e seu potencial para contribuir positivamente para os Estados Unidos. 

Quanto custa o visto para morar nos EUA?

O custo dos vistos varia em cada caso. Por exemplo, o de estudante custa US$ 160,00 + US$ 200,00 da taxa SEVIS, requerida para esse tipo de visto. Além disso, é preciso comprovar determinada condição financeira, já que esse visto não permite jornada de trabalho satisfatória para se sustentar nos EUA. 

Já os vistos de trabalho custam a partir de US$ 190,00, sendo que existirão outros custos que devem ser arcados pela empresa que está contratando. Some a isso os valores pagos com emissão e tradução de documentos. 

Os vistos imigratórios, por sua vez, tem os maiores custos, principalmente se você utilizar as opções sem oferta de emprego. Neste caso, você necessitará de advogados de imigração que cobram de US$ 10 mil a US$ 20 mil para realizar o processo. Caso consiga uma oferta de emprego, os custos reduzem um pouco, já que a empresa arcará com uma parte. 

O que é preciso para morar nos Estados Unidos?

Para morar nos Estados Unidos permanentemente você precisa de um Green Card, que como disse anteriormente é possível por parentesco ou por trabalho. Para conseguir este documento por trabalho, será necessário um investimento não apenas financeiro, mas também em conhecimento para se qualificar para seus vistos. 

O primeiro passo você já deu, que é buscar informação para entender como imigrar para os Estados Unidos e planejar seus próximos passos. Tenha em mente que o processo pode demorar, mas para realizar sonhos, toda a espera valerá a pena. 

Percebeu que na hora de entender qual visto para morar nos EUA existem variáveis que devem ser consideradas por cada pessoa? Começar como estudante primeiro pode ser o caminho mais fácil, para se preparar. Ou então, a empresa interessada em contratá-lo pode querer realizar apenas o processo de um visto temporário, cabendo a você buscar pelo Green Card posteriormente. 

Seja qual for a sua situação, ao decidir qual visto para morar nos EUA funciona melhor para você, fique atento aos requisitos e continue buscando informação. 

Além do blog, o Instagram e o Facebook da Imigrar EUA está repleto de conteúdo. Siga e curta nossas publicações e aprenda mais.