• Home
  • Blog
  • Visto imigratório: é melhor aplicar dos EUA ou do Brasil? 

Visto imigratório: é melhor aplicar dos EUA ou do Brasil? 

Visto imigratório: é melhor aplicar dos EUA ou do Brasil? 

Visto imigratório: é melhor aplicar dos EUA ou do Brasil? 

O visto imigratório para os Estados Unidos é o objetivo de todos que desejam viver e trabalhar no país de forma definitiva. Esse tipo de visto concede o Green Card ao estrangeiro e dependentes (filhos solteiros menores de 21 anos e cônjuge), possibilitando residência permanente nos Estados Unidos. Mas, uma dúvida que muita gente tem quando está pesquisando sobre a solicitação do visto é: para conseguir o visto imigratório, é melhor aplicar dos EUA ou do Brasil? 

Ao solicitar o visto estando no Brasil você precisa aguardar a aprovação e realizar a entrevista no Brasil. Só poderá viajar depois de todo esse processo, que chamamos de Consular Processing. 

Agora, se você já estiver nos Estados Unidos com um outro visto, também é possível solicitar um visto imigratório. Nesse caso, você vai solicitar o visto imigratório e também um ajuste de status, ou Adjustment of Status, que é a troca do seu status atual, pelo visto de residente permanente e Green Card. 

Vamos entender agora se é melhor aplicar do Brasil ou dos Estados Unidos e quais as principais diferenças. 

É melhor aplicar para visto imigratório do Brasil ou dos EUA? 

A resposta para essa pergunta é que não há uma opção melhor, mas existe a melhor escolha para o seu caso. Também não há uma opção que seja mais fácil de ser aprovada ou com maiores chances de sucesso. 

Se você já estiver nos Estados Unidos, não é necessário retornar ao Brasil para solicitar o Green Card. Se você ainda estiver no Brasil, pode ser mais interessante realizar o Consular Processing e vir para os EUA com tudo resolvido. 

Independentemente se você aplicar do Brasil ou dos Estados Unidos, a petição do seu visto será encaminhada para o USCIS, o Serviço de Imigração e Cidadania dos Estados Unidos. O que muda é apenas a segunda parte do processo, ou seja, a conferência de documentos e entrevista para a sua admissibilidade. 

E isso vale para qualquer tipo de visto imigratório: por trabalho, parentesco ou casamento. O que determina a escolha são as circunstâncias da vida do solicitante e o que determina a aprovação é o cumprimento dos requisitos do visto. 

Como funciona o Consular Processing e quando escolher essa opção? 

O Consular Processing é a opção de solicitação de visto imigratório para quem está no Brasil. O processo inicia com o aplicante enviando a petição do visto ao USCIS, por meio do formulário I-140 e todos os documentos que comprovem a elegibilidade para o visto solicitado. Esse peticionário pode ser a empresa que vai contratar o estrangeiro, por exemplo, ou o próprio solicitante no caso dos vistos EB2 NIW ou EB1A.

Depois que o I-140 for aprovado, o USCIS enviará o processo para o National Visa Center (NVC), que é o departamento responsável pelos serviços consulares. Cabe ao NVC o encaminhamento do processo no Consulado do seu país, solicitando a você os documentos complementares necessários para a entrevista final, que também é marcada pelo mesmo órgão. No Brasil, todas as entrevistas para vistos imigratórios acontecem no Consulado dos Estados Unidos localizado na capital do Rio de Janeiro. 

Ao optar pelo Consular Processing você precisará aguardar toda a finalização do processo para ir para os Estados Unidos com o visto imigratório. Você não é impedido de viajar para os EUA caso tenha um visto de turista, por exemplo, mas precisará finalizar todo o seu processo no Brasil para entrar como residente permanente.

Depois que seu visto imigratório for aprovado, você tem 120 dias para entrar nos Estados Unidos. O Green Card demora algumas semanas para chegar e é enviado para a sua residência nos Estados Unidos, que você mesmo vai informar durante o processo e após o pagamento da taxa correspondente. Receberá também o seu Social Security Number, que é o número de identificação americano, equivalente ao CPF do Brasil. 

Como funciona o Ajuste de Status para residente permanente nos EUA? 

O Ajuste de Status ou Adjustment of Status é a opção para quem já está nos Estados Unidos com um outro visto e agora vai solicitar o visto imigratório. O processo também começa com o envio do formulário I-140 ao USCIS, que é a solicitação do visto de imigrante, juntamente com todos os documentos comprobatórios da elegibilidade do peticionário para o visto solicitado. 

Além do I-140, também é enviado ao USCIS o formulário I-485 que solicita o ajuste de status após a aprovação do I-140. A entrevista é realizada nos Estados Unidos em uma unidade do USCIS. 

Outra diferença é que você pode solicitar o Combo Card também, documento que autoriza o estrangeiro e seus dependentes a trabalhar e viajar para fora dos Estados Unidos enquanto aguarda o processamento do visto imigratório. Ou seja, você não precisa esperar o visto ser aprovado para trabalhar ou visitar os familiares no Brasil, por exemplo, e esse é um benefício interessante para quem realiza o Ajuste de Status. 

No entanto, essa opção é a melhor escolha para quem já está nos Estados Unidos por algum outro motivo, como é o caso de quem veio para estudar e acabou encontrando uma oportunidade de emprego, ou quem está no país com um visto temporário de trabalho. 

Conclusão

Para escolher entre aplicar dos EUA ou do Brasil para o visto imigratório deve-se levar em conta fatores e circunstâncias do imigrante, pois não há uma opção que seja melhor ou mais fácil em se tratando de chances de sucesso. O que vai garantir a aprovação do seu visto imigratório é o cumprimento dos requisitos e suas qualificações

A primeira parte de solicitação do visto é idêntica, tanto para quem faz pelo Brasil quanto pelos Estados Unidos, consistindo no envio do formulário I-140 com todos os documentos necessários para comprovar a qualificação do peticionário para receber o visto. No entanto, quem solicita o ajuste de status pode trabalhar nos Estados Unidos durante o tempo de processamento, bastando solicitar o Combo Card.

Agora que você já sabe o que é melhor entre aplicar dos EUA ou do Brasil para visto imigratório, aprenda mais sobre o visto EB2 NIW, uma opção de visto imigratório que não exige oferta de emprego de empresa americana. Confira agora! 

Deixe um comentário