• Home
  • Blog
  • Premium Processing: tudo o que você precisa saber!

Premium Processing: tudo o que você precisa saber!

Premium Processing: tudo o que você precisa saber!

Premium Processing: tudo o que você precisa saber!

O Premium Processing Service é um serviço oferecido pela Imigração Americana (USCIS) que acelera a análise das petições para trabalhador imigrante ou não-imigrante. Com este serviço o processamento demora, no máximo, 15 dias para acontecer e ser respondido. 

Para utilizar o Premium Processing é necessário pagar uma taxa e enviar o formulário I-907 – Request for Premium Processing Service, junto com a petição que você quer acelerar, ou separadamente a ela. 

Mas eu vou explicar tudo sobre o Premium Processing Service a seguir, para quais casos ele está disponível e como solicitar o serviço. 

Quando posso usar o Premium Processing? 

O Premium Processing está disponível para acelerar as seguintes petições: 

  • Form I-129, Petition for Nonimmigrant Worker
  • Form I-140, Immigrant Petition for Alien Worker

Ou seja, ele pode ser usado em quase todos os processos de vistos baseados em trabalho, sejam eles imigratórios ou não. 

Caso você não esteja familiarizado com o processo, vou explicar. Para a maioria dos vistos de trabalho nos Estados Unidos, o estrangeiro precisa ter a oferta de um empregador americano e é esse empregador que fará a petição I-129 ou I-140. Ou seja, eles solicitam autorização da USCIS para contratar o estrangeiro, mediante comprovação de requisitos específicos de cada visto. 

Essa petição, juntamente com documentos do estrangeiro, é enviada à USCIS, que pode demorar de 6 a 18 meses para ser analisada, ou mais, a depender do processing time. Mas, com o Premium Processing Service, esse tempo é reduzido para 15 dias corridos. 

Os vistos que podem ser solicitados com os formulários acima e para os quais você pode pedir o processamento premium são: 

  • Vistos não-imigratórios: E1; E2; H1B; H2B; H3; L1A; L1B; LZ; O1; O2; P1; P1S; P2S; P3; P3S; Q1; R1; TN1 e TN2. 
  • Vistos imigratórios: EB-1 (para as subcategorias Aliens of extraordinary ability e Outstanding professors and researchers); EB-2 (subcategorias Members of professions with advanced degrees or exceptional ability) e EB-3 (subcategorias Skilled workers; Professionals e Other Workers) 

Pontos importantes sobre utilização do Premium Processing

Deixa eu salientar, que o Premium Processing NÃO está disponível ainda para o EB-2 NIW (falo disso no final do texto) e para o EB-1 da subcategoria direcionada a gestores e executivos de multinacionais. 

Outro ponto importante é que vistos do tipo H1B, H2B e H3 podem ter um limite numérico, tanto de disponibilidade do visto, quanto de análise premium. Essas informações podem ser consultadas no site da USCIS

Ainda para esses vistos, é normal que todos ou a maioria dos peticionário, contratem o Premium Processing, e que a USCIS não consiga atender todo mundo no prazo. Por isso, em geral, é feita uma análise aleatória, e aqueles que não são atendidos dentro dos 15 dias, têm as taxas do serviço devolvidas. 

E mais um detalhe: se a petição I-129 for acompanhada de um formulário I-539 não é possível utilizar o Premium Processing Service. O formulário I-539 é utilizado quando você já está nos EUA com um outro visto e precisa solicitar a troca ou extensão dele, juntamente com o processo da autorização para trabalho. 

Como fazer a solicitação? 

A solicitação do Premium Processing Service é feita com o envio do formulário I-907 e o pagamento de uma taxa. Atualmente (JAN 2021) essa taxa é de: 

  • US$ 2.500 se estiver preenchendo o Formulário I-129 solicitando a classificação de não imigrante E-1, E-2, H-1B, H-3, L, O, P, Q ou TN.
  • US$ 1.500 se estiver preenchendo o Formulário I-129 solicitando a classificação de não imigrante H-2B ou R.
  • US$ 2.500 se estiver preenchendo o Formulário I-140 solicitando a classificação de visto de imigrante EB-1, EB-2 ou EB-3.

*Apesar do aumento das taxas. No momento que escrevo esse artigo, ainda não entrou em vigor o aumento. Como pode, entrar em vigor, utilizei as novas taxas. Sugiro você verificar no momento do peticionamento qual a taxa que está em vigor.

O peticionário pode solicitar o serviço de duas formas. A mais comum é juntamente com a petição a ser acelerada, ou seja, junto com o formulário I-140 ou I-129. 

Mas, caso a petição já tenha sido enviada, ainda é possível solicitar o processamento rápido. Para isso, deve ser enviado o formulário do serviço (I-907), o pagamento da taxa e uma cópia do Formulário I-797 – Receipt Notice, que é a carta que informa que a USCIS recebeu a petição e está analisando. 

Se você solicitar o serviço e, por algum motivo, a USCIS não conseguir analisar e responder seu caso em até 15 dias corridos, ela devolve o seu dinheiro, mas continua analisando o processo rapidamente.

Para casos de vistos imigratórios, é mais provável que a USCIS realize o serviço em menos de 15 dias. Para os demais, pode acontecer um atraso e devolução da taxa. 

Premium Processing para EB-2 NIW 

Quanto ao Premium Processing para os pedidos do EB-2 NIW, esperamos que em breve esteja disponível. A lei já foi aprovada, resta apenas a USCIS implementar. Para acompanhar o andamento da implementação, segue o link 👉  USCIS.

Portanto, o processamento premium é uma excelente opção para acelerar processos de solicitação de visto de trabalho. Pagar por ele significa encurtar muito o tempo de espera dos trâmites e fazer o seu sonho de viver na América se realizar mais cedo. 

Quer saber mais sobre os vistos de trabalho imigratórios e não-imigratórios? Confira neste texto que fiz sobre o assunto: Viver nos EUA: Diferenças dos vistos imigratórios e não imigratórios