• Home
  • Blog
  • Como exercer medicina nos Estados Unidos em 7 passos

Como exercer medicina nos Estados Unidos em 7 passos

Como exercer medicina nos Estados Unidos em 7 passos

Como exercer medicina nos Estados Unidos em 7 passos

Seguindo na linha dos conteúdos sobre profissões nos EUA, agora vou falar sobre como trabalhar com medicina nos Estados Unidos, nas duas situações possíveis: para quem já é formado ou vai se formar no Brasil e para quem quer fazer a faculdade de medicina nos EUA. 

Este assunto lhe interessa? Então continue a leitura e saiba mais sobre como trabalhar com medicina nos EUA e também sobre a faculdade. 

Pontos importantes sobre a medicina nos Estados Unidos 

Para quem já é formado ou vai se formar em medicina no Brasil, o primeiro ponto que você precisa saber é que para atuar com medicina nos Estados Unidos, você precisa fazer a residência aqui nos EUA. Isso também vale para quem já é especialista em alguma área no Brasil. 

Para conseguir uma vaga numa residência você vai precisar passar em algumas provas que, inclusive, também são cobradas das pessoas que fazem faculdade de medicina nos Estados Unidos. Essas provas são aplicadas pelo United States Medical Licensing Examination, a USMLE

Depois de passar nas provas é que você vai se candidatar à residência. Mas, antes de tudo, existem alguns passos que você precisa cumprir, conforme explico a seguir. 

Passos para exercer medicina nos Estados Unidos 

Passo 01: conferir se a sua faculdade de medicina é reconhecida nos Estados Unidos 

O primeiro passo é conferir se a sua faculdade é reconhecida nos Estados Unidos. Atualmente, isso é feito por meio de um cadastro na World Directory of Medical Schools, o Diretório Mundial das Escolas de Medicina (WDOMS) e a conferência de que ela é reconhecida pelo USMLE. 

Então, para ter essa informação, você deve entrar no site do WDOMS e pesquisar pelo nome da sua faculdade de medicina. Quando achar a sua instituição, clique nela e depois em “Sponsor Note”, que é onde estará a declaração de que a faculdade está acreditada no Educational Commission for Foreign Medical Graduates (ECFMG) e é elegível para que os alunos possam se candidatar aos exames do USMLE.

Dica bônus: pesquise apenas por uma das palavras do nome universidade e não inclua a cidade. Por exemplo, se é a Universidade de São Paulo, pesquise apenas por São Paulo no campo “Medical School Name”. Ou, se você se formou na PUC, pesquise apenas por Pontifícia. Digo isso porque em alguns testes não encontrei as universidades se não fosse dessa forma

Mudanças previstas para 2024 

Ainda se tratando desse primeiro passo, existem algumas mudanças em curso. A partir de janeiro de 2024, o processo para elegibilidade para realizar os exames da USMLE não será mais feita pelo Diretório Mundial, mas por uma organização específica de cada país. No Brasil, será por meio do Sistema de Acreditação de Escolas Médicas (Saeme)

Atualmente, nem todas as faculdades de medicinas estão cadastradas no SAEME e o interesse em se cadastrar deve partir mais do aluno do que da própria faculdade. Então, se seus planos são se candidatar aos exames da USMLE após 2024, então você pode entrar no site da ECFMG e conferir os requisitos para a que a universidade seja acreditada. 

Passo 02: ter cursado pelo menos 2 anos de graduação em medicina 

Para começar a fazer as provas do USMLE você não precisa já ter terminado a graduação de medicina. No entanto, você precisa ter cursado pelo menos 2 anos da graduação. As pessoas que estudam medicina nos EUA geralmente realizam a primeira prova (step 01) no final do segundo ano do curso. Então, quando você terminar o segundo ano de curso de medicina no Brasil, também poderá fazer o exame. 

Passo 03: primeira prova – Step 01 

Os próximos passos para ser médico nos Estados Unidos são uma série de provas. A primeira é o Step 1, que tem como objetivo avaliar a capacidade dos alunos ou graduados em medicina em aplicar conceitos das ciências fundamentais para a prática da profissão. 

Para realizar você deve, primeiramente, se cadastrar no site da ECFMG pagando a taxa desse cadastro (US$ 145,00). Esse cadastro é online e você receberá um número, que é o seu USMLE Number, que será utilizado em todo seu processo. 

Depois de aprovado o seu cadastro, então, poderá se inscrever online para o Step 1, que tem uma taxa de US$ 965. 

A prova tem duração de 8 horas, dividida em sete partes, realizadas num mesmo dia, sendo que ela pode ser feita no Brasil. Tem cerca de 280 questões e, embora não tenha limite de tempo por questão, a dica é que os candidatos levem até um minuto e meio para responder cada pergunta. 

É uma prova bastante complexa e que exige que o aluno saiba muito bem todos os conteúdos cobrados. No site do USMLE você tem uma série de materiais para prática, além da informação sobre tudo que é cobrado. 

Passo 04: segunda prova – Step 02 CK (Clinical Knowledge)

A segunda prova para ser médico nos Estados Unidos é o Step 02 Clinical Knowledge, também chamado de Step 2 CK. Geralmente os estudantes de universidades americanas realizam essa etapa quando estão no quarto ano da faculdade. Também é bastante difícil e exige estudo focado do candidato. 

Essa prova avalia o conhecimento de aplicação clínica do conhecimento médico, ou seja, diferente do caráter mais teórico do Step 1, aqui o foco é mais para a prática clínica. A prova é de múltipla-escolha, tem 9 horas de duração, 7 partes e um total de 280 questões. Ela também custa US$ 965 e pode ser realizada no Brasil em locais especificados. 

Passo 05: Step 2 CS (Clinical Skills) 

O Step 02 CS é a terceira prova que você precisa fazer conseguir atuar com medicina nos Estados Unidos. Atualmente, por conta da pandemia do Covid_19 ela está suspensa até junho de 2021 e as informações sobre esta situação podem ser consultadas no site. 

No entanto, considerando que você ainda está em fase inicial, é provável que o exame já tenha sido retomado quando chegar o momento de realizá-lo. 

Resumidamente, trata-se de uma prova prática em que o candidato atenderá uma série de pacientes padrões, atores. É preciso fazer o histórico, exame físico, determinar diagnósticos diferenciais e fazer anotações em certos padrões. 

Para isso, o examinando terá 15 minutos de encontro com o paciente e 10 minutos para escrever as notas, determinando 3 diagnósticos possíveis. São 8 horas de exame para atender 12 pacientes padrões. 

A taxa para a realização do Step 2 CS é de US$1.600 e você deverá realizá-lo nos Estados Unidos em centros médicos nas cidades de Atlanta (Georgia), Chicago (Illinois), Houston (Texas), Philadelphia (Pennsylvania) ou Los Angeles (California).

Passo 06: Step 3

E a última prova que você precisa fazer é a Step 3 que avalia todos os seus conhecimentos e capacidades em questões de múltipla-escolha e de análise de casos clínicos. O foco aqui é a medicina generalista. 

É uma prova de 2 dias, com 232 questões no primeiro dia para 7 horas de prova. No segundo dia são 9 horas para 180 questões de múltipla-escolha e mais 13 simulações de casos. 

O primeiro dia foca em Fundamentos da Prática Médica e o segundo dia em Medicina Clínica Avançada. A taxa para a realização da prova é de US$895 e é organizada pela Federation Of State Medical Boards (FSMB) apenas nos Estados Unidos.  

Passo 07: Se inscrever para residências médicas 

Depois que você passar em todas as provas, chegou a hora de finalizar o seu preparo para a residência médica nos Estados Unidos. Para se inscrever para esses programas de residência você precisa de cartas de recomendação de médicos americanos. Portanto, você precisará adquirir alguma experiência com estágios nos Estados Unidos. 

Você pode fazer esses estágios em qualquer momento da sua graduação e do seu processo de validação, e é interessante que seja na área em que você pretende fazer a residência médica. Além de possibilitarem as cartas de recomendação, essas experiências também enriquecem o seu currículo, o que é muito importante para que você consiga o Match, o termo usado para quando você é selecionado para uma residência. 

Então, para ser aceito na residência você vai precisar conhecer muito bem os programas e se preparar para eles, seja com estágios, seja com publicações científicas e outras atividades. As notas obtidas nos Steps também contam.

Quando você conseguir a residência, você poderá se mudar para os Estados Unidos com o visto J1 para os anos de clínica necessários para a formação. Outra opção é migrar com um visto EB-2 que já garante o Green Card a você e sua família. No entanto, para se enquadrar nesse visto você precisa cumprir com alguns requisitos. Para saber mais, baixe o nosso e-book sobre o EB-2 NIW. 

Faculdade de medicina nos EUA 

Para quem sonha em fazer a faculdade de medicina nos EUA, é preciso entender que serão necessários mais anos de estudos, porque a faculdade de medicina nos EUA na verdade é uma pós-graduação. Além disso, o curso é bastante concorrido e oferece poucas bolsas de estudo para estrangeiros. 

Então, a primeira parte é fazer um bacharelado que não precisa ter relação direta com a Medicina, mas precisa cumprir determinados créditos. Muito americanos estudam enfermagem, por exemplo, e com esse diploma ingressam na universidade de medicina. 

Mas também existe o curso Pré-Med que oferece conhecimentos preliminares em medicina e todos os créditos necessários para a universidade, mas não formam você para nenhuma profissão. Por isso, muita gente escolhe se graduar em outras áreas da saúde e complementar com as disciplinas necessárias.  

Para se formar no bacharelado são necessários 4 anos de estudos e o processo para entrar numa faculdade envolve um teste seletivo, entrevista, proficiência no inglês, entre outros requisitos de cada instituição.  

Depois, você deverá se candidatar às universidades de medicina que tem processos seletivos bastante parecidos. Na Faculdade de Medicina você vai estudar mais 4 anos, realizar todas as provas mencionadas acima e depois ingressar na residência médica que dura de 3 a 7 anos. 

Apenas médicos com residência podem trabalhar nos EUA, diferentemente do Brasil que há a clínica geral para aqueles que não possuem uma especialidade. 

Como você viu, o processo para exercer a medicina nos Estados Unidos é composto de 7 passos caso você já seja formado em medicina. Fazer a faculdade nos EUA pode não ser tão interessante financeiramente falando, mas também é possível. Por fim, o processo todo exige dedicação e estudo, mas com certeza valerá a pena para realizar seus sonhos. 

Agora que você já sabe como funciona a medicina nos EUA, convido você a me seguir nas redes sociais e ficar atualizado sobre este assunto e outros relacionados à imigração para os EUA. Estou no Instagram, Facebook e Youtube

E confira também a gravação de uma Live que eu fiz sobre como ser médicos nos EUA e aprenda ainda mais 👇🏼

 

ebook-eb2-niw